Ela te traiu? a culpa é sua mermão!

Desculpe, mas já que você está me perguntando eu vou ter que falar. Você traiu muito antes e muito mais do que ela. Não, não estou falando de culpa, mas de fatos. Essa menina era apaixonada por você como ninguém. Não te trocava nem por um passeio no shopping com direito a compras patrocinadas pela mãe. Entre nós, você a empurrou do trem. Primeiro acostumou ela com café da manhã na cama, bandeja com flor e bom dia com direito a declaração de amor. Depois começou a levantar mais tarde, sair de casa correndo, e sempre com aquela cara de mau humor. Bom dia? Bom dia pra quem? Quando estavam juntos era só ela que estava com você. Tentava desabafar e você preocupado em trocar o seu avatar. Você brigava por causa das amigas dela. Ela bem que tentou resistir, mas de tanto você insistir, acabou pouco a pouco se afastando das festinhas, dos jantarzinhos, e das tardes de tricotagem. Para ficar contigo se afastou do mundo. Depois vem você com esta história de liberdade, de clube do bolinha, que em minha opinião está mais para clube do bolhinha. O fato é que cada vez mais você foi deixando ela sozinha. E não me fale mais que você escolheu a pessoa errada, você foi se transformando num canalha. Ela te chamando para deitar e você na internet vendo mulher pelada, enquanto isso ela no quarto, pondo a roupa toda decepcionada. Será que ainda não percebeu que você a traiu de todas as formas, transformando uma relação que era quente de paixão em uma coisa morna? Me fale, qual o chocolate que ela mais gosta? E a flor, qual é a preferida dela? Há quanto tempo você não pede para o garçom trazer o presente dela de surpresa na mesa? O que, nem no restaurante você leva mais ela? Beleza….! Lembra que ela te pediu para baixar aquelas músicas na internet? Então, você não baixou, claro, mas ao menos se lembra que estilo de música que ela mais gosta? Não cara, agora é bossa nova. Na boa, você perdeu esta mulher a toa. Ela não acha graça nas piadinhas que você faz sobre as meninas da TV, não se sente atraída pelo terrível hálito de cabo de guarda chuva que você vai se deitar depois de ter ingerido quilos de cerveja com torresmo no bar, e nem tem tesão em ficar ouvindo suas mentiras e histórias machistas sobre a malandragem masculina: Malando é malandro e mané é mané, pode crer que é. Você vê? O problema não começou com a traição, e sim com a solidão. O que você não esperava, e também não acreditava, é que ia chegar um bonitão, olhando para ela da mesma forma que ela vê você olhando para a televisão. Ela aceitou um café, ele abriu a porta do carro e ajudou ela a descer pegando em sua mão. É assim cara, sempre vai ter um espertalhão disposto a preencher os espaços de um coração. Mesmo que isto seja só para sedução. Seduziu, aí traiu. Gentileza e fino trato. E para piorar levou ela naquele motel mais caro da cidade. É, aquele que ela vivia falando que tinha vontade de conhecer, mas que você nunca viu necessidade, julgava um gasto banal, afinal, ultimamente o sofá da sala para você já era uma aventura sem igual. É compadre, ele conversou com ela sobre música, teatro, cinema e vida profissional. Passou longe da sua cueca no varal. Quer saber o pior, trair não foi nada. Ela se apaixonou mesmo pelo cara.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: